Como criar estratégias de integração entre membros e visitantes na minha igreja?

Em tempos de pandemia e medidas de restrições mais rígidas, a InPeace acredita que é fundamental para a igreja criar estratégias que tornem a integração de membros e visitantes o mais natural e agradável possível. Ou seja, esse é só um dos temas da nossa série de Lives sobre a Igreja do Futuro.

Estratégia de integração. Por onde começamos?

Às vezes, é comum ouvir relatos de pessoas que não se adaptam à igreja por se sentirem “deslocados dos grupos” ou até mesmo “sem amigos”. Sendo assim, como criar estratégias de integração na igreja para unir os que já são membros e acolher os visitantes? Essa é uma daquelas perguntas que não tem uma única resposta. 

Mas, acredite, o primeiro passo você já deu. Só de estar lendo esse texto, isso significa que você iniciou a busca por estratégias de integração na igreja. Logo, isso é o que mais importa para começar.

O primeiro passo é demonstrar o quanto você se importa.

Todo bom líder se importa com a integração dos liderados. Contudo, você já se perguntou se você demonstra de forma clara? Seus liderados sentem que você realmente se importa com o bem-estar deles e com a presença e contribuições deles nas atividades da igreja? Seja como for, essa é uma boa hora para relembrar suas últimas conversas com aqueles membros, dos mais antigos aos mais novos. 

Pode até parecer uma estratégia um tanto clichê. Mas ainda assim, uma forma de demonstrar com clareza que você se importa é perguntando a opinião dos membros e dos visitantes. Sim. É tão óbvio, não é? Ou seja, em uma conversa simples e informal depois do culto, você pode perguntar como cada um se sente fazendo parte da igreja. Se estão felizes, se estão gostando, se têm alguma sugestão.

MAS ATENÇÃO!

Cuidado na abordagem. Não é para chegar do nada, invadir a conversa de um grupo de membros e perguntar. Afinal, todo bom líder se interessa primeiro pelo bem-estar pessoal dos liderados. 

A estratégia aqui é abordar de maneira amável. Em outras palavras, entender o perfil de cada membro e de cada visitante. Alguns podem ser mais resistentes, outros mais à vontade e alguns vão até se retirar por timidez. Ou seja, saiba ler esses sinais. Fique atento! 

Série de Lives no Instagram sobre a Igreja do Futuro.

No dia 07 de maio, próxima sexta, a InPeace vai conversar com Pr. Tiago Coelho e Filipe Coelho sobre Estratégias de Integração de membros e visitantes. Você tem interesse? 

De repente você ainda não é um líder na sua igreja, mas quer ajudar o seu líder nessa área. Certo? Então, essa live é pra você compartilhar com ele e os dois assistirem, comentarem e conversarem sobre o tema depois com outros líderes da sua igreja. 

Até porque, uma Live sobre Integração na igreja nesse contexto de pandemia que estamos vivendo, não é um assunto só para agora. É um tema que precisa de muita contribuição, opiniões diferentes e novas ideias. Por isso, compartilhar as suas ideias durante a live do dia 07/05 vai ser muito importante.

Compartilhe suas ideias Ao Vivo.

Para participar da Live, é só começar a seguir a @inpeaceapp no Instagram e colocar na sua agenda o dia e hora da Live.

Quando a InPeace estiver ao vivo, o Instagram vai avisar e você vai poder enviar suas dúvidas nos comentários ou na caixa de perguntas.

Ideias iniciais que podem ajudar na integração da sua igreja.

Como foi dito, não existe apenas uma resposta correta. Cada igreja tem um perfil de membro, cada membro tem um perfil individual e cada visitante está ali por um motivo único. 

A InPeace não tem uma resposta fechada, e essa nem é a nossa intenção. Queremos ajudar líderes, membros, visitantes e igrejas a se conectarem uns com os outros cada vez mais. E do jeito que for melhor e mais prático para você.

Por isso, separamos uma pequena lista como ponto de partida para suas estratégias de integração. Mas essa é apenas uma primeira lista. Vamos lá?

1. Seja um amigo na vida e na fé.

Visitantes e novos membros podem se sentir um tanto quanto solitários ou pouco à vontade na Igreja, mas um simples “Olá, boa noite. Você mora por aqui?” pode aliviar suas ansiedades. 

Alguns especialistas afirmam que “Quando alguém surge à porta de uma capela, essa pessoa deve sentir-se imediatamente abraçada e amada, elevada e inspirada”. Então, dê uma recepção calorosa, interaja com eles e apresente outros membros para que todos participem dessa integração. 

Seja o amigo verdadeiro que eles precisam ter naquele momento.

2. Inclua todas as pessoas, como Cristo faria.

Uma estratégia para fazer com que novos membros e visitantes se sintam incluídos é deixar que saibam que queremos que estejam ali. Élder Dallin ensina que: “Ao fazermos de Cristo nosso exemplo, devemos sempre tentar incluir cada pessoa”. 

Assim criamos um senso maior de aceitação ao “abraçar” e incluir todos que são novos na Igreja.

3. Interaja com as pessoas e procure se envolver.

Muitos membros novos podem se sentir sobrecarregados ou até mesmo pressionados para tentarem entender todas as informações da igreja de uma vez, assim tão de repente. 

Sem contar que alguns talvez possam até se sentir solitários, caso seus familiares e amigos não entendam suas novas crenças e seus novos hábitos.  Por isso, você pode curar a solidão das pessoas convidando elas para jantar, lanchar ou para ir ao templo em sua companhia. 

Sua amizade pode fazer toda a diferença!

Gostou dessa primeira lista? Se tiver mais ideias, anote e comente durante a Live do dia 07 de maio.

A sua participação vai ajudar a levantar novas dúvidas e, consequentemente, novas respostas. E isso vai ajudar muita gente que se sente deslocada na sua igreja. 

Uma das primeiras funções da Igreja é unir pessoas em prol de um propósito. E esse propósito em questão dá muita ênfase no amor ao próximo que Cristo ensinou. 

Sendo assim, criar estratégias de integração entre membros e visitantes na sua igreja é cumprir um ensinamento de Cristo, é demonstrar amor incondicional ao próximo. É unir pessoas através do amor. 

Em resumo, Acolher, Acompanhar, Discipular, Evangelizar, Relembrar e Buscar são palavras-chave de toda Igreja do Futuro. 

E por isso, é sempre bom lembrar do conselho que o autor do livro de Hebreus deu, no capítulo 13: “Não vos esqueçais da hospitalidade, porque por ela alguns, sem o saberem, hospedaram anjos.” (Hb 13.2)

Leave a Reply